Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Dissertações
Up

Avaliação da Atividade Microbiológica e Farmacológica de Produtos Naturais de Tropidurus Hispidus (SPIX, 1825) e Tropidurus Semitaeniatus (Spix,1825) (SQUAMATA:TROPIDURIDAE)

File Name:
dissertao israel junio.pdf
File Size:1.66 MB
Date:26. Setembro 2018

Ano: 2011

Orientando(a): Israel Junio Martins dos Santos

Orientador: Prof. Dr. Waltécio de Oliveira Almeida

Co-orientador: Prof. Dr. Henrique Douglas Melo Coutinho

Resumo: Dentre as espécies de animais mais utilizadas na pratica zooterápica estão os répteis. O gênero Tropidurus representa um desses grupos de répteis utilizados na medicina tradicional. As espécies T. hispidus e T. semitaeniatus são usadas na medicina tradicional em varias regiões do Nordeste brasileiro. Seu uso medicinal envolve o tratamento de doenças como verrugas, dores de garganta, amigdalites, faringites, catapora, varicela, sarampo, asma, alcoolismo e dermatomicose. São usados inteiros e na forma de chá (decoctos). Diante disso este estudo teve por objetivo avaliar a atividade microbiológica e farmacológica de produtos naturais obtidos das espécies T. hispidus e T. semitaeniatus. Os animais foram coletados na Biorregião do Araripe no Município de Crato-Ce. Foram coletados 50 T. hispidus e 20 T. semitaeniatus. Os mesmos foram sacrificados por congelamento e dissecados para retirada da pele e da banha. Foram prepardos extratos da pele de T. hispidus, (com redimento de 1,9672g), assim como o decocto desta espécie (com um rendimento total de 11,0539g) e de T. semitaeniatus, (com rendimento bruto de 4,4885g). Da banha de T. hispidus foi preparado o óleo fixo (com rendimento total de 8,4107g) para avaliar seu efeito antiinflamatório tópico. Em relação aos extratos e decoctos foram avaliados seus efeitos antimicrobianos contra cepas bacterianas Echerichia coli, Staphylococus aureus e Pseudomonas aureuginosa. Frente as cepas bacterianas os extratos e decoctos não apresentaram inibição do crescimento bacteriano significativo do ponto de vista clínico, apresentando uma CIM (Concentração Inibitória Mínima) ≥1024, já em associação com antibióticos aminoglicosídeos foi observado uma modulção da CIM do antibiótico Gentamicina em associação com o extrato da pele de T. hispidus frente a S. Aureus. Para a mesma cepa bacteriana foi observado uma diminuição da CIM dos aminoglicosideos Canamicina e Amicacina em associação com os decoctos das duas especies de lagartos assim como para P. aureuginosa que apresentou redução da CIM da Neomicina e Gentamincina. O extrato da pele de T. hispidus apresentou um antagonismo quando em associação com a Amicacina. O óleo de T. hispidus (OTH) foi avaliado acerca de seu efeito contra doenças de caráter inflamatório. Foi usado o modelo de edema de orelha em camundongos induzido pelos agentes flogísticos Óleo de Croton, Ácido Araquidônico, Fenol, Histamina e Capsaicina. No edema induzido pela aplicação única de Óleo de Croton o OTH puro se mostrou mais eficiente com um percentual de redução de edema de 49, 1%. Na aplicação multipla de óleo de croton a partir de 48 h até 96 h após o primeiro tratamento tópico, o efeito inibitório médio foi de 63,7%. No edema induzido por Ácido Araquidônico o OTH inibiu o edema com um percentual de 45,8%. Para o Fenol a inibição foi de 38,1% e Histamina de 49,6%. No edema induzido por capsaicina o OTH não se mostrou significativo (p<0,05) na redução do edema.

Palavras-chave: Etnozoologia, Zooterapia, Atividade Microbiologia e Antiinflamatória e Produtos Naturais.

 

Powered by Phoca Download

Calendário

Maio 2022
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4